O teu país

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod


Laura Ribeiro

Escola

Escola E.B. 2,3 /S de Vilar Formoso

A Nossa Sociedade

Todos os trabalhos publicados foram gentilmente enviados por estudantes – se também quiseres contribuir para apoiar o nosso portal faz como o(a) Laura Ribeiro e envia também os teus trabalhos, resumos e apontamentos para o nosso mail: geral@notapositiva.com.

Resumo do trabalho

Trabalho escolar sobre A Nossa Sociedade, realizado no âmbito da disciplina de Religião e Moral (10º ano de escolaridade).


Introdução

A sociedade, em que eu vivo, ou seja, a minha sociedade, apresenta várias característica, umas boas, outras nem tanto. A sociedade actual não apareceu hoje, isto é, ela têm origens, origens consequentes de uma evolução que se deu ao longo dos tempos em todo o Mundo. A sociedade baseia-se na Informação, no Conhecimento, na Inteligência na Criatividade, no Sentimento, nas Pessoas, pois as pessoas e a sua mentalidade fazem a sociedade.Não devemos ignorar a realidade, ou seja, temos de nos adaptar a sociedade em que estamos.

A socialização começa no dia em que nascemos, no nosso crescimento com a família, na escola, com os amigos, mais tarde no trabalho, com colegas, esta, dura toda uma vida.

Sociedade Rural vs Sociedade Urbana

Actualmente podemos distinguir dois grupos nesta sociedade: “vida rural” e “vida urbana”.

0190

Ao longo dos anos a sociedade rural têm tendência para migrar para o meio urbano, isto é, para a cidade. No entanto só se verificam níveis mais elevados de migração da “cidade” para o “campo” nos períodos de catástrofe social. Mas viver no campo ou na cidade tem as suas vantagens e desvantagens.

Características da Sociedade Rural

A sociedade rural tem como principal ocupação a agricultura, mas esta não constituí objecto especifico da sociologia rural. A natureza “domina” em relação aos ambientes criados pelo homem, e portanto existe uma relação directa com a mesma.

A densidade demográfica é menor que nas comunidades urbanas, e como tal as populações são mais homogéneas no que diz respeito as características raciais e psico-sociais.

A diferenciação e estratificação rurais são menos evidentes do que no meio urbano. No entanto, viver no campo tem as suas desvantagens, como por exemplo, viver privado de um grande número de recursos/serviços que podem contribuir para o nosso conforto e bem-estar; os meios de transporte são muito morosos; grande dependência do “tempo” devido as actividades realizadas no campo.

0191

Características da Sociedade Urbana

Tem como principal ocupação a actividade industrial, o  comercio, etc. Existe um maior isolamento da natureza, pois o ambiente construído pelo homem é predominante.

A densidade demográfica é elevada e como tal a população é mais heterogénea do que nas comunidades rurais. A diferenciação e a estratificação são totalmente evidentes.

Algumas desvantagens de viver no meio urbano são: a poluição, falta de tranquilidade, o stress,  o facto de estar dependente do “relógio”, relações mais afastadas entre as pessoas, demasiado ruído, etc.

0192

Preconceitos

A nossa sociedade tem por costume e hábito tornar “comentários” como factos, isto é, cria preconceitos. O preconceito é o acto de ter uma opinião contrária sobre determinado assunto sem antes conhecê-lo. Existem vários tipos de preconceitos, como por exemplo:

  • Preconceito à outra cor: É denominado de racismo e existe principalmente em relação aos negros.
  • Preconceito religioso: O maior exemplo deste preconceito são os conflitos no Oriente Médio. A luta entre judeus e islâmicos custa dezenas de vidas diariamente. Grupos extremistas no Iraque matam inocentes cruelmente somente porque são de outra religião.
  • Preconceito contra as mulheres: É denominado de machismo e existe por causa do antigo papel das mulheres como donas de casa. O machismo gera muita mágoa porque vários homens não reconhecem a capacidade das mulheres fazerem alguma tarefa “fora de casa”.
  • Preconceito contra pessoas de outra orientação sexual: Homossexuais são muito agredidos moralmente e até fisicamente só por não serem "iguais".
  • etc.

Pobreza

As profundas desigualdades na distribuição da riqueza no mundo atingiram actualmente proporções verdadeiramente chocantes.

O número de pobres não pára de crescer e já atingiu os 307 milhões de pessoas em todo o Mundo. Em algumas regiões, principalmente na África, parte da população tem um consumo diário de 57 centavos de dólares e as ajudas dos países mais ricos são como uma gota de água no oceano.

Pobreza em Portugal

Portugal possui dos mais altos valores, à escala europeia, no que respeita aos indicadores de pobreza e assimetria de rendimentos.

Existe quase meio milhão de portugueses a viver do rendimento de uma pensão mínima. Os idosos têm maiores dificuldades do que os mais jovens, porque estão obviamente, mais desprotegidos. Muitos também não tiveram acesso a boas carreiras contributivas, vivendo de reformas mínimas.

Cerca de 20% da população portuguesa dispõe de um rendimento inferior a 400€ por mês.

0193

Sociedade Consumista

No entanto, a maioria das pessoas “desta” parte do mundo, tendem a ser consumistas, e como são as pessoas que fazem a sociedade, criam uma sociedade consumista.  Sociedade de consumo, é o termo utilizado para designar o tipo de sociedade que se encontra numa avançada etapa de desenvolvimento industrial capitalista e que se caracteriza pelo consumo massivo de bens e serviços, disponíveis graças a elevada produção dos mesmos.

Cada vez mais a nossa sociedade se torna uma sociedade de consumo/ consumista, em que os nossos objectivos são coisas absolutamente supérfluas, e não damos valor ao que realmente importa.

0194

Evolução Positiva

Mas nem todos os aspectos na nossa sociedade são negativos, pois ela evoluiu para melhor em vários aspectos como por exemplo: mais jovens no ensino superior, novos modelos de família emergentes, mais mulheres no mercado de trabalho, mais e melhores redes de estradas, um sistema de protecção social mais abrangente, um sistema de saúde universal, uma economia mais estável, a entrada na União Europeia, etc.

Estes e muitos outros exemplos revelam mudanças, mudanças estas que, após o 25 de Abril de 1974, vieram colocar Portugal ao nível dos países desenvolvidos. Contudo, as sociedades actuais encontram-se em constantes mutações, com traços característicos diversos, desde as alterações demográficas, familiares, sociais e económicas aos crescentes progressos tecnológicos e à intensificação da concorrência Internacional.

Ciência e Tecnologia

A ciência e a tecnologia evoluíram em conjunto, influenciando-se  mutuamente, no sentido de promoverem a qualidade de vida humana. Pois a tecnologia avança sempre graças a ciência e de uma certa forma, a ciência também avança com a ajuda da tecnologia.

Evolução da Mulher

Desde os primórdios da humanidade que a mulher tem lutado pelos seus direitos, por uma vida melhor, pelo reconheciment o enquanto ser vivo. Antigamente, as mulheres eram usadas como sendo escravas e objectos sexuais. Faziam tudo o que lhes era imposto, e eram consideradas um ser desprezível. Eram úteis apenas para 0195cuidar dos filhos, executar as tarefas domésticas e satisfazer os homens. Aliás, infelizmente, isto todavia acontece em alguns países.

Mas devido ao aparecimento dos anticonceptivos, a mulher mudou drasticamente o seu papel na sociedade. Foi a partir da revolução Francesa, em 1989, que o papel da mulher na sociedade começou a alterar-se, e actualmente a  mulher incorporada no mercado de trabalho e agora realiza exactamente as mesmas tarefas que antes eram “destinadas aos homens”, como por exemplo a mulher trabalhar em algo relacionado com a politica e do direito, mundo este que sempre envolveu apenas homens.

Na minha opinião isto deve-se principalmente ao aparecimento dos anticonceptivos porque estes permitiram a mulher decidir quando quer ter filhos, e assim esta pouco a pouco teve oportunidade de evoluir e consecutivamente começar a realizar tarefas “fora do normal”, adiando o momento de serem mães e ficarem “agarradas” à vida.

No entanto esta evolução ainda não se pode dar por terminada, pois existem vários aspectos em que a  mulher continua a ser discriminada.

Saúde

O estado da saúde em Portugal tem vindo a melhorar ao longo dos últimos 30 anos. Criado em 1978, o Serviço Nacional de Saúde possibilitou uma melhoria considerável nos serviços e assistência médica em Portugal. Hoje esses indicadores são idênticos aos da maior parte dos países desenvolvidos.

Globalização

A globalização é um dos processos de aprofundamento da integração económica, social, cultural e política. É um fenómeno gerado pela necessidade da dinâmica do capitalismo de formar uma aldeia global que permita maiores mercados para os países desenvolvidos.  O processo de Globalização diz respeito à forma como os países interagem e aproximam pessoas, ou seja, interliga o mundo, levando em consideração aspectos económicos, sociais, culturais e políticos.

Portanto, conclui-se que  a globalização pode trazer vantagens, mas também nos trás aspectos negativos.

Conclusão

No mesmo planeta, existem 2 mundos diferentes, basicamente o Norte e o Sul, o Rico e o Pobre. Esta sociedade actual, precisa de criar um novo mundo, ou seja um 3º mundo, que se encontre no meio (nem Norte, nem Sul, nem Rico, nem Pobre)…

A nossa SOCIEDADE terá de mudar drasticamente em vários aspectos, porque assim o Mundo não durará por muito  mais tempo…

Imagine - John Lennon

Imagine there's no heaven

It's easy if you try

No hell below us

Above us only sky

Imagine all the people

Living for today

.

Imagine there's no countries

It isn't hard to do

Nothing to kill or die for

And no religion too

Imagine all the people

Living life in peace

.

You may say I'm a dreamer

But I'm not the only one

I hope some day you'll join us

And the world will be as one

Imagine no possessions

I wonder if you can

No need for greed or hunger

A brotherhood of man

Imagine all the people

Sharing all the world

.

You may say I'm a dreamer

But I'm not the only one

I hope some day you'll join us

And the world will live as one

.

.

.

.

.

.

.

 

Bibliografia

  • http://www.idademaior.net/profiles/blogs/compreender-a-sociedade-actual
  • http://www.riscodeeducar.com/_dlds/Sociedade_actual_verdade_e_liberdade.pdf
  • http://www.webartigos.com/articles/9227/1/Novos-Conceitos-De-Urbano-E-Rural.html
  • http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:
  • www.unifra.br/pos/gestaoemturismo/downloads/sociedade.ppt+a+sociedade +rural+e+urbana&cd=12&hl=pt-PT&ct=clnk&gl=pt
  • http://letras.terra.com.br/john-lennon/90/traducao.html
  • http://www.google.pt/imgres?imgurl=http://cepeca.org.br/oficinadeideias/desigualdadesocial/racismo2.jpg



36 Visualizações 19/09/2019