O teu país

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod


Rita Gomes

Escola

Escola Secundária da Amadora

Alberto Caeiro

Todos os trabalhos publicados foram gentilmente enviados por estudantes – se também quiseres contribuir para apoiar o nosso portal faz como o(a) Rita Gomes e envia também os teus trabalhos, resumos e apontamentos para o nosso mail: geral@notapositiva.com.

Resumo do trabalho

Resumo/Apontamentos sobre Alberto Caeiro, um dos heterónimos de Fernando Pessoa, realizado no âmbito da disciplina de Português (11º ano)...


Apresenta-se como um simples “guardador de rebanhos ”que só se importa com uma forma objectiva e natural realidade com a qual contacta a todo o momento.

Considera que “pensar é estar doente dos olhos”, ver é conhecer e compreender o mundo, por isso pensa vendo e ouvindo. Além disso Caeiro é um poeta da Natureza que está de acordo com ela e a vê na sua contente renovação. E porque só existe a realidade, o tempo é ausência de tempo sem passado, presente ou futuro, pois todos os instantes são unidade do tempo.

Caeiro só se interessa por aquilo que capta pelas sensações. Nesta medida, é um sensacionalista. Vive aderindo espontaneamente às coisas, tais como são, e procura gozá-las com despreocupação o conteúdo original da Natureza. Mestre de Pessoa e de outros heterónimos. Dá espacial importância ao acto de ver, mas é sobre tudo a inteligência que discorre sobre as sensações. Passeando e observando o mundo, personifica o sonho da reconciliação com o universo, com a harmonia pagã e primitiva da Natureza.

Caeiro com a intelectualidade do seu olhar liberta-se dos preconceitos, recusa a metafísica, o misticismo e o sentimentalismo social e individual.

Alberto Caeiro olha para os elementos da Natureza e está sempre atento (animal humano que a natureza produzido). O pensamento para ele gere infelicidade, dor de pensar.

OBJECTIVISMO

  • Aceitação calma do mundo como ele é e da morte
  • Atitude anti lírica
  • Atenção à “eterna novidade do mundo”
  • Integração e comunhão com a natureza
  • Poeta da Natureza
  • Poeta deambulatório

SENSACIONALISMO

  • Olhar, tacto visuais
  • Poetas das sensações tais como são
  • Poeta do olhar
  • Predomínio das sensações visuais e das auditivas
  • O “Argonauta das sensações verdadeiras” descobridor das sensações verdadeiras
  • Realismo ingénuo

ANTI-METAFISICA

  • Predominância das sensações como oposição ao pensamento
  • Recusa do pensamento (pensar e estar doente dos olhos)
  • Recusa do mistério
  • Recusa do misticismo (amar pelas coisas em si mesmo)

PANTEÍSMO NATURALISTA

  • Tudo é Deus, as coisas são divinas
  • Paganismo
  • Desvalorização do tempo enquanto categoria conceptual
  • Contradição entre a teoria e a prática

EPICURISMO

  • Vivência do presente, gozando em cada impressão o seu conteúdo original

Características estilísticas

  • Ausência de preocupações estilísticas
  • Vocabulário simples e frases simples
  • Versos livres, métrica irregular
  • Despreocupação ao nível fónico
  • Pobreza lexical (linguagem simples e familiar)
  • Adjectivação objectiva e comparações simples e raras metáforas
  • Predomínio do presente do indicativo e gerúndio
  • Predominância da coordenação



207 Visualizações 09/08/2019


Related

Alberto Caeiro

Resumo/Apontamentos sobre Alberto Caeiro (“Mestre” dos outros heterónimos Pessoanos), heterónimo de Fernando Pessoa, realizado no âmbito da disciplina de Português (12º ano).

Domingo 13 Outubro 2019

Ricardo Reis “O poeta da autodisciplina”

Trabalho escolar sobre Alberto Caeiro - "O poeta da indisciplina", realizado no âmbito da disciplina de Português (12º ano).

Quarta-feira 30 Outubro 2019