O teu país

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod


Marcos Cachulo

Escola

Escola E.B. 2/3 Infante D. Pedro - Buarcos

Chuvas Ácidas

Todos os trabalhos publicados foram gentilmente enviados por estudantes – se também quiseres contribuir para apoiar o nosso portal faz como o(a) Marcos Cachulo e envia também os teus trabalhos, resumos e apontamentos para o nosso mail: geral@notapositiva.com.

Resumo do trabalho

Trabalho sobre as Chuvas Ácidas (o que são, causas, consequências e efeitos, soluções...), realizado no âmbito da disciplina de Química (8º ano)...


Introdução

Uma grande mancha ácida está-se a espalhar sobre o planeta. Chuva, neve, nevoeiro e névoa, poluídos pelos gases libertados pelas fábricas e automóveis estão a ser transformados em ácidos. Esta0014 tem desgastado gradualmente o meio ambiente afectando várias regiões em quase todos os continentes. As florestas estão a morrer, os solos estão a tornar-se ácidos, a vida animal está a desaparecer e as colheitas a diminuir. Os lagos deixam de ter seres vivos com o aumento dos níveis de acidez.

Devido aos fumos ácidos o nosso mundo está a morrer. A chuva ácida ao longo do tempo tem-se agravado e agora é quase um dos mais sérios problemas do meio ambiente. Os cientistas embora conheçam as causas da chuva ácida não sabem como afecta tanto o ambiente.

O que são?

As chuvas ácidas são as precipitações que ao contrário das normais, têm características ácidas, ou seja, pH mais baixo do que a água pura. Estas chuvas são prejudiciais para as plantas, animais e edifícios. Maioritariamente são causadas por emissões de azoto (N2) e enxofre (S), compostos que reagem na atmosfera produzindo ácidos. Podem ser de origem natural, ex: actividade vulcânica, ou de antropogénica, ex: fábrica.

Grande parte dos poluentes atmosféricos sofrem reacções na atmosfera dando origem a ácidos que regressam à superfície terrestre sobre duas formas: deposição húmida e deposição seca. A deposição húmida apresenta-se em forma de chuva, neve etc. e a deposição seca através de gases ácidos e partículas.

Tal como as secas, as deposições podem causar danos no ambiente de várias maneiras. Conseguem-se infiltrar no solo, e assim causar danos no ambiente de várias maneiras, nomeadamente prejudicar as plantas e as colheitas. Escoando-se para os rios e lagos, poluem a água potável, destroem a fauna e a flora aquática. Observam-se consequências também em muitas construções de mármore.

A Natureza é responsável por uma parte do SO2 existente na atmosfera. Por outro lado, muitos são metais que existem combinados com o enxofre. A extracção desses metais envolve o aquecimento do sulfureto metálico e a consequente libertação para a atmosfera do SO2 por exemplo:

0015

Os monumentos são uma das formas mais visíveis. Na cidade, os monumentos estão a ser danificados. Alguns cientistas chamam “lepra da pedra” a esta corrosão.

Isto acontece porque os ácidos dissolvidos na água vão originar a corrosão do calcário e do mármore (CaCO3). Pode ser traduzida por esta equação:

0016

Causas da Poluição

Esta parte que vamos falar agora também está relacionada com as chuvas ácidas, pois é por causa da poluição que ocorrem as chuvas ácidas.

A poluição atmosférica provoca alterações nas características físicas, químicas e biológicas do ar com consequências para os ecossistemas e para o ser humano.

Esta causa está directamente ligada à chuva ácida, pois os gases que se acumulam na atmosfera vão alterar a composição química da chuva, que por sua vez se torna ácida.

O azoto na forma gasosa com o azoto em combustível reagem originando óxido de azoto enquanto que o enxofre e o gás oxigénio reagem formando dióxido de enxofre, que por sua vez, os dois (óxido de azoto e dióxido de enxofre) reagem alterando-se na atmosfera e que faz se tornarem ácidos. É isso que traduz o diagrama seguinte:

0017

Fontes de Poluição

Em primeiro lugar, vem a queima de combustíveis fósseis que, todos os anos, envia quantidades colossais de poluentes para a atmosfera relacionada directamente com os transportes e as centrais eléctricas que deles são dependentes.

Também a agricultura, as lixeiras (ao ar livre) e determinadas indústrias contribuem bastante para a poluição atmosférica causadora de chuvas ácidas.

As fontes naturais representam apenas 10% na emissão de NOx e SO2 enviados para a atmosfera. Os vulcões e a decomposição de matéria orgânica são dos fenómenos naturais que mais contribuem para estas emissões.

Consequências e Efeitos

As chuvas ácidas podem levar à morte de seres vivos, prejudicar a saúde humana, prejuízos materiais, destruição de florestas e campo agrícolas, à acidificação dos lagos, rios e de ecossistemas.

Vamos falar de alguns aspectos e vamos começar pela saúde humana.

Onde o organismo sofre:

  1. Nariz e garganta: mais casos de asma e sinusite.
  2. Olhos: maior probabilidade de conjuntivite.
  3. Brônquios: maior predisposição à broncopneumonia.
  4. Pulmões: riscos de enfisema.
  5. Coração: mais doenças cardiovasculares.

As chuvas ácidas têm também como consequência o aparecimento de algumas grutas, erosão de estátuas e monumentos.

A acidificação da água dos lagos e dos rios pode levar à morte de plâncton, de peixes, de anfíbios e de moluscos e pode também levar à destruição das florestas e campos agrícolas nos ecossistemas terrestres.

Soluções

  • Utilizar transportes colectivos: reduz a emissão de gases poluentes
  • Utilizar fontes de energia menos poluentes: energia hidroeléctrica, geotérmica, maremotriz, eólica e eventualmente nuclear.
  • Purificar os escapes dos veículos: utilizar gasolina sem chumbo e adaptar um conversor catalítico
  • Utilizar combustíveis com baixo teor de enxofre.
  • Utilizar purificadores nas indústrias para transformar grande parte das emissões de SO2 em substâncias menos poluentes

Ciclo da chuva ácida

0018

Chuva ácida no mundo

0019

Bibliografia

  • https://knoow.net/
  • http://fortran.dec.uc.pt/~saag/chuvaas.htm
  • http://www.rudzerhost.com/ambiente/chuvas.htm
  • http://atelier.hannover2000.mct.pt/~pr223/Hannover2000/chuvas_acidas.htm
  • http://campus.fct.unl.pt/afr/ipa_9899/grupo0032_ordenamento/html/chuvac.html https://www.notapositiva.com/trab_estudantes/trab_estudantes/fisico_quimica/ fisico_qui
  • mica_trabalhos/chuvasacidas.htm
  • www.netprof.pt/Fisica_quimica/PPT/ChuvasAcidas.ppt
  • http://www.slideshare.net/pedroines141520/chuvas-cidas
  • http://www.manoelpinheiro.com.br/iemp/download/download_professores/acida.ppt
  • MOTTA, Lucinda, VIANA, Maria dos Anjos; Bioterra; Porto Editora



43 Visualizações 12/08/2019